Endereço.

Schlossstr. 26 

12163 Berlin 

Alemanha

© 2019 by trabanhá

A escassez de profissionais  STEM ( Science, Tecnology, Engeneering and Mathmatics)

Alemanha necessita tanto de engenheiros como também de especialistas no campo da ciência, matemática e ciência da computação. No entanto, indústria automotiva alemã e a engenharia mecânica, estão entre as melhores do mundo.  O mesmo se aplica aos setores de biotecnologia e nanotecnologia. 

Os profissionais de TI são necessários em todas as principais empresas, independente do segmento, desenvolvendo sistemas de controles tecnológicos de máquinas, programação de softwares, garantindo segurança de sistemas complexos ou gerenciando a área de aplicativos. Os matemáticos são frequentemente procurados, na maioria das vezes são necessários em bancos e companhias de seguros.

 

Você pode aprender mais sobre  isso em http://www.kmk.org/.

Expectativas dos empregadores, critérios mínimos exigidos pelas empresas:

  • Conhecimentos de alemão:  mínimo B2 na programação, B1 para desenvolvimento. TI é a única área em que profissionais sem ou com poucos conhecimentos de alemão tendem a ser aceitos.

  • Bons conhecimentos de inglês.

  • Competências pessoais: criatividade, aptidão para trabalho em equipe e autônomo, precisão e responsabilidade, aptidão para organização e comunicação, flexibilidade.

Os campos mais procurados

 

​Procura-se  especialistas em todos os setores, especial atenção para área de engenharia (ex. mecânica, automotiva, elétrica....) como também para a área de tecnologia de construção. Pela crescente digitalização na Alemanha, novos campos de atuação surgem, nos quais é necessário conhecimento técnico com entendimento do funcionamento das tecnologias digitais no campo da tecnologia da informação e telecomunicações.

 

As oportunidades de carreira

 

​Com o passar do tempo, adquirindo experiências, o trabalhador poderá crescer bastante profissionalmente.  Os aumentos  salariais acompanharão esse crescimento. No geral, os salários são bons, mesmo para os iniciantes. Um exemplo para melhor entendimento: na área da construção ou engenharia elétrica - têm uma renda anual média de cerca de 36.000 euros para 45.000 euros. Com os anos de serviço, os rendimentos sobem, e após dez anos no cargo, os salários serão de 50.000 a 70.000 euros.

Qualificação profissional estrangeira

 

​Se você quer ser chamado de "Ingenieur / Ingenieurin" ou "Beratender Ingenieur / Beratende Ingenieurin" na Alemanha, você precisa ter a equivalência de sua qualificação profissional estrangeira determinada pelo grau acadêmico alemão. As disciplinas de sua faculdade devem abranger o grau exigido do sistema alemão que se chama MINT (termo naturalizado para as principais disciplinas acadêmicas) . ​Deve observar se sua faculdade aplicou disciplinas importantes na sua grade de ensino, essas cobrindo as exigências, do STEM.

Você pode descobrir mais em http://anerkennung-in-deutschland.de.

  • Engenheiros (ex: automação e elétricos)

  • Técnicos (ex: de aquecimento e de climatização e do setor metalúrgico)

  • Construção de maquinaria e técnicas industriais

  • Mecatrônica e sistemas de automação

  • Tecnologias da energia: sistemas elétricos na construção e técnicos de instalações elétricas

  • Eletrotécnica

  • Chapa/caldeira, instalações sanitárias, de aquecimento e climatização

 

Expectativas dos empregadores

 

  • Curso técnico ou formação universitária

  • Conhecimentos de alemão: mínimo B2 para engenheiros, B1/B2 para técnicos

  • Conhecimentos de inglês, em alguns casos experiência profissional

​ Considerando que  atualmente, não há procura para todas as áreas da engenharia na Alemanha, como: minas, alimentos, geofísica, geológica, geométrica ou petrolífera. Também não há procura para profissionais da medicina veterinária, zoológica, neurociências, psicologistas entre outros.  Como susgestão válida para todo profissional seria um treinamento de aperfeiçoamento na Alemanha, aprimorando seus conhecimentos.